GoodNewsNetwork destacou que, segundo estudo da Universidade de Oxford, jogar videogame durante o isolamento social aumenta o bem-estar mental devido a uma variedade de fatores. A pesquisa mostrou, ainda, que o tempo gasto jogando não é o motivo mais crítico.

De acordo com o pesquisador Andrew Przybylski, os videogames podem fornecer um estímulo positivo ou calmante para a mente, pois interagir com personagens bem desenhados, diálogos ou histórias pode ser ainda mais envolvente do que esses mesmos três aspectos em outros formatos,como filmes, já que em um videogame você chega fazer parte da  história.

Levantamento da FleishmanHillard, agência do Grupo InPress, realizado a partir de várias fontes, revela que, para 44% dos gamers brasileiros, o benefício mais importante do jogo eletrônico é a melhora no bem-estar emocional.

Cada vez mais gente tem procurado esta válvula de escape. O serviço Game Pass teve aumento de 70% nas assinaturas desde o início da pandemia, com um crescimento de 130% no número de partidas com múltiplos jogadores.

O Roblox, uma plataforma gratuita de games 3D que permite desenvolver seus próprios personagens, regras e objetivos, alcançou mais de 120 milhões de players ativos por mês durante a quarentena.

streaming de games está bombando também: o Twich registrou uma elevação de 121% nas buscas no Brasil entre março de 2020 e janeiro de 2021. Outra tendência na busca de bem-estar e interação social segura em tempos de Covid-19 é a popularização das transmissões de leituras de livros e de maratonas de pintura em plataformas como essas. A saúde mental dos confinados agradece.

Compartilhar com um amigo